Por que as empresas perdem o controlo dos custos com TI e Telecom?

Por que as empresas perdem o controlo dos custos com TI e Telecom?

O controlo dos custos com TI e Telecom é tão importante quanto os esforços de Transformação Digital Essa é uma realidade da qual nenhum gestor pode abrir mão, pois os investimentos são grandes e precisam trazer retornos.

Estima-se que os gastos globais com aplicações e serviços de TI e Telecom vão movimentar US$ 3,8 trilhões até o final de 2020. Tal deve-se às inúmeras vantagens que as empresas obtêm em iniciativas inovadoras — virtualização de infraestrutura, alta conectividade, mobilidade etc.

Na sua empresa, os custos com TI e Telecom estão sob controlo? 

A estratégia de Transformação Digital tem a gestão eficiente dos investimentos entre suas prioridades?

Veja a seguir, quais são os erros mais comuns que devem ser evitados!

Quais escolhas levam à perda do controle dos custos com TI e Telecom?

Falta de um bom planeamento estratégico

O planeamento estratégico é o processo que nos tira do pensamento do dia-a-dia. Permite-nos pensar no importante em detrimento  do urgente. Permite-nos criar um mecanismo para alcançar o que é importante dentro de determinado horizonte temporal.

Quando se trata dos investimentos em TI e Telecom, é fundamental ter um bom planeamento estratégico. É nele onde são documentados os objetivos, delegadas as responsabilidades, desenhados os planos de ação.

Os líderes de TI e Telecom devem pensar com antecedência os seus orçamentos. Dessa forma, conseguem avaliar periodicamente a maneira como os recursos são utilizados. 

Devem também estabelecer métricas. E essas precisam facilitar a medição dos resultados, permitir efectuar ajustes  a rota em tempo útil — caso se verifiquem desvios aos objectivos previamente estabelecidos.

Shadow IT

Na ânsia de fazer avançar o processo de  Transformação Digital, muitas empresas incorrem no que os especialistas chamam de Shadow IT. Esse termo refere-se à prática de utilização  de aplicações, serviços e equipamentos sem que os gestores de TI e Telecom estejam cientes.

Com a facilidade de aquisição de soluções e serviços, muitas vezes alguns departamentos não dialogam com o equipa  técnica. O Marketing, por exemplo, adquire um plano de telefonia que poderia ser evitado, pois a empresa já dispõe de um contrato com outro fornecedor.

Essa falta de homologação por parte das equipas de TI e Telecom faz com que se incorram em despesas excessivas. Para evitá-las é importante contar com políticas claras para aquisição de recursos tecnológicos.

Além disso, é preciso afinar a comunicação e o relacionamento entre as áreas técnicas e os “clientes” internos. 

Escolha pouco criteriosa de fornecedores

Outro vilão para o eficiente controlo de custos com TI e Telecom é a escolha apressada de fornecedores. Este é um processo que requer bastante critério, afinal, são firmadas parcerias de longo prazo.

Ao contratar provedores de conectividade, telefonia, radiofonia etc., é importante avaliar diversos requisitos. O menor preço nem sempre é a melhor escolha a médio e longo prazo. Deve-se primar pela eficiência do serviço adquirido.

Imagine que a sua empresa adquire infraestrutura de TI na nuvem de um provedor que oferece o menor preço. Será que os dados da sua organização estarão 100% seguros? Os data centers desse fornecedor estão dentro do território angolano? 

Tudo isso precisa ser bem avaliado.

Utilizadores  não comprometidos

Por fim, também é preciso dizer que o uso incorreto dos recursos também pode elevar os custos com TI e Telecom. 

Para evitar isso, é fundamental que as lideranças demonstrem que os investimentos são grandes. E mais que isso: trabalhem para engajar os seus liderados no esforço de economizar recursos.

As pessoas tendem a ser mais cuidadosas quando entendem o valor das ferramentas que utilizam. Dessa forma, ajudam inclusive a monitorar, dão feedbacks que contribuem para a melhoria contínua. 

Em suma…

Empresas que se transformam digitalmente de maneira eficiente precisam controlar custos com TI e Telecom. Essa deve ser uma entre as muitas metas organizacionais. Caso contrário, poderão comprometer sua saúde financeira.

Como está o controlo de custos com TI e Telecom em seu negócio? Aprofunde-se mais; baixe agora nosso GUIA DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL PARA LIDERANÇAS!

Deixe uma resposta